Fechar pesquisa

Mais artigos

Curadores da Maker Faire Lisbon 2015

Escrito em 25 Mai 2015

Curators

É com redobrado orgulho que anunciamos a nossa equipa de curadores para a Maker Faire Lisbon 2015, que irá avaliar e seleccionar os projetos que se irão juntar a nós em Setembro.

Iremos lançar a Call for Makers daqui a alguns dias, e os nossos curadores estão já preparados para começar a trabalhar arduamente:

Bernardo Gaeiras

O Bernardo é o diretor do Fablab Lisboa, designer e artista. Tem experiência em design industrial, design de interiores, modelação 3D, investigação de conceitos, desenvolvimento de produto e produção. É também promotor e organizador de vários eventos, para além de consultor na Câmara Municipal de Lisboa.

Carlos Morgado

O Carlos tem formação em Engenharia Electrotécnica mas é um cientista da computação por vocação. Aborrece-se facilmente. A sua carreira já o fez passar por processamento de sinais, desenho de hardware, segurança, engenharia de redes e desenvolvimento de software. Atualmente trabalha no SAPO e também faz parte da equipa que organiza o Codebits (onde apresenta o famoso Quiz Show e liga pequenos computadores a maquinaria diversa). É proprietário de mais LEGOs do que devia e atualmente está interessado na revolução da impressão 3D e no equilibrio da Big Data entre a melhoria da qualidade de vida e a vigilância em massa.

Celso Martinho

O Celso é o diretor geral e co-fundador do SAPO, o maior portal e projeto relacionado com a Internet em Portugal e uma das fábricas internas de inovação da MEO. O SAPO também organiza o Codebits e co-organiza a própria Lisbon Mini Maker Faire. Também faz parte do conselho de administração da Artica e é mentor/conselheiro de várias outras empresas ou projetos. Tem background em eletrónica desde os seus tempos de estudante na Universidade of Aveiro e tem uma paixão generalizada por tecnologia, Internet, criatividade, empreendedorismo, o movimento DIY/Makers e todas as coisas que mudam a vida das pessoas. Às vezes também constrói maquinas de arcade ou envia balões para perto do espaço.

Filipe Valpereiro

O Filipe licenciou-se em Ciências Computacionais e adora todo o tipo de hacking e dispositivos eletrónicos. É o fundador da InMotion, uma empresa que promove e vende open hardware para as mentes criativas e curiosas. Tem uma paixão pelo Arduino que desenvolveu quando passava noites a fio a modificar e a divertir-se com a sua velha placa Arduino NG. Um ano mais tarde largou o seu emprego e fundou o seu próprio negócio. A InMotion cresceu a partir da sua paixão pelo hacking e pela eletrónica e pelo desejo de explorar ferramentas open hardware como o Arduino ou o Raspberry Pi. No seu tempo livre também gosta de lançar balões de alta altitude para perto do espaço.

Francisco Mendes

O Francisco tem o coração de um Maker. Adora explorar novas tecnologias e criar novos produtos. Tem um curso em Telecomunicações e Eletrónica e Automação Industrial. O seu mais antigo sonho é desenvolver um humanoid que o substitua nas suas tarefas do dia a dia. Para perseguir esse sonho, ele e a sua equipa da BeeVeryCreative criaram e lançaram a primeira impressora 3D em Portugal, a BeeTheFirst.

Guilherme Martins

O Guilherme trabalha na Artica é um artista visual especializado na criação de conteúdos visuais para performances em palco. Desde 2007 que os seus ambientes visuais têm sido usados na dança, opera, teatro e outros espectáculos, onde tem colaborado com diretores de renome como Rui Horta, Tiago Guedes ou Anatoly Praudin. No passado também trabalhou como artista visual para outras empresas internacionais como a YDreams e a Ogilvy Interactive. Na sua incessante procura de novas formas de expressão artística, o Guilherme também se interessou pela robótica creativa.

Inês Oliveira

A Inês completou um doutoramento em Biologia Celular no Instituto de Medicina Molecular, onde trabalhou como investigadora na formação de novos vasos sanguíneos associados à radioterapia. Juntou-se à Ciência Viva em 2011 onde é actualmente Directora do Departamento Educativo e de Programação Científica, tendo sob a sua responsabilidade a gestão de projectos de comunicação de ciência para audiências alargadas. Adora bricolage e explorar novos materiais, mas nunca tinha ouvido falar em Makers até ser chamada a co-organizar a 1ª Lisbon Mini Maker Faire. Tornou-se uma fã durante o processo.

Hugo Silva

O Hugo é um investigador no IT - Instituto de Telecomunicações e co-fundador do PLUX – Wireless Biosignals, uma inovadora empresa de base tecnológica a operar no campo dos dispositivos médicos para cuidados de saúde e qualidade de vida, onde atualmente pertence ao conselho de administração e é conselheiro de inovação. Os seus principais interesses são investigação em bio-sinais, engenharia de sistemas, processamento de sinal e reconhecimento de padrões. É uma das mentes por trás do BITalino, um toolkit de baixo custo que permite a qualquer um criar projectos e aplicações para computação fisiológica.

Mário Saleiro

O Mário Saleiro está a fazer um doutoramento em Ciências Computacionais no campo da computer vision e robots cognitivos, depois de se ter licenciado e feito um mestrado em engenharia eletrónica. É co-fundador e membro do eLab Hackerspace em Faro, Portugal, e autor do blog The Bit Bang Theory. No seu tempo livre é também um Hacker/Maker com um interesse profundo em eletrónica, robótica, fabricação digital, realidade aumentada e interfaces homem-máquina.

Maurício Martins

O Maurício tem background em eletrónica e produção de vídeo. Como Maker, desenvolve projetos interativos na área da computação física e interfaces tangíveis. Desde 2002 que fez vários workshops e seminários sobre DIY bem como colaborou em vários projetos Portugueses de arte. É o fundador e dono da Leds&Chips e da DVPT, empresas online que prestam serviços de computação física e eletrónica, e produção de audiovisuais e vídeo. Colabora com diversos artistas Portugueses. Atualmente trabalha também com a equipa da Dóing - Augumented workshops na Ciência Viva.

Comentários
comments powered by Disqus