Fechar pesquisa

Mais artigos

At the faire: Morfogénese Musical

Escrito em 13 Set 2014

Morfogénese

Morfogénese Musical” é uma instalação interativa que traduz em som e movimento a dinâmica do processo de desenvolvimento de uma flor. O desenvolvimento de um organismo, ou mesmo de um tecido ou órgão, é controlado por um sistema de genes e proteínas. O comportamento do sistema é colectivo, na medida em que não é previsível a partir do comportamento individual de cada gene.

Mais interessante é o facto de que a lógica deste sistema de controlo genético poder ser desacoplada do organismo, como um circuito a ser utilizado não só noutros organismos como num computador ou na instalação aqui exposta.

A produção desta instalação de arte e ciência juntou arquitetos, músicos e cientistas com um objectivo: levá-lo numa viagem à descoberta dos mecanismos de ‘computação’ existentes na natureza.

Nesta instalação vamos poder visualizar e interferir com a dinâmica do processo de regulação genética ao ligarmos ou desligarmos genes e proteínas. Ao fazer isto, existe a probabilidade de se desenvolver um organismo normal (estirpe de tipo selvagem) ou fazer divergir o desenvolvimento para um mutante, e talvez trazê-lo de volta à estirpe de tipo selvagem.

Este projecto tem a concepção de Alexandra Paio, Luís Rocha, Manuel Marques-Pita, Maria João de Oliveira, Sancho Oliveira, Simão Costa e a produção do Instituto Gulbenkian de Ciência, LabMóvel – Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência, e Vitruvius FabLab-ISCTE-IUL.

Morfogénese

Comentários
comments powered by Disqus